27
fevereiro

Urban Jungle inspira quarto

urban-jungle-inspira-quarto

Trazer a natureza para dentro de casa é um desejo crescente entre quem mora na cidade. Nos prédios, então, nem se fala – sem quintais, as varandas e ambientes íntimos se tornam tela em branco para o verde invadir.

Foi isso que aconteceu nesse quarto projetado pela arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura. A reforma do espaço consistia em adaptá-lo aos novos gostos da moradora, não mais a adolescente cujo ambiente pessoal era regido pelos tons pink e preto. Hoje, já formada em publicidade e cinema, ela procurava “crescer” também no décor. As medidas tomadas pela arquiteta para fazê-lo são perfeitas para trazer a tendência do urban jungle para o lar:

urban-jungle

1. Renove as cores e materiais

No caso desse quarto, as cores antigas deram lugar aos neutros. Eles estão presentes na tinta da parede e nos materiais dos móveis e décor, como a madeira e os tecidos naturais. Entre as intervenções, os caixotes se destacam – feitos sob medida no formato clássico de feira com a madeira Pinus. Fazê-los em marcenaria garante resistência, mantendo a característica ecológica com a escolha de uma madeira de manejo sustentável. Assim, puderam abrigar os vasos e plantas que a moradora ama cuidar.

1. Claridade

Esse quarto se beneficia da luz solar vinda da varanda. A grande porta de vidro permite a entrada abundante da luz, ainda que indireta, e a passagem de ar quando aberta – características ideais para o bom desenvolvimento das plantinhas.

2. Atenção às espécies

É importante notar que, dentro de casa, precisa-se fazer a diferenciação entre plantas de sol pleno e de meia sombra. Para prosperarem, o ideal é que as plantas sejam desse último grupo, e mesmo assim, fiquem próximas de fontes de iluminação natural. Além do quarto, a sacada é uma boa pedida.

3. Aposte em configurações diferentes Mesmo que não seja possível executar uma parede verde estruturada e repleta de plantas, não desista do sonho da urban jungle para chamar de sua.
O segredo está nas combinações inteligentes.
Por exemplo, a mistura de vasos de alturas e formatos diferentes, para plantas de tamanhos variados, com efeito de volumes que enriquece o ambiente – como foi feito nesse projeto de Karina. Esses vasos também são boa oportunidade para ousar, com texturas e cores, da cerâmica à corda e muito mais.

Para preencher o espaço vertical, prateleiras são ótimos receptores de plantinhas menores.

Fotografia: Edu Pozella

Onde encontrar:
Karina Korn Arquitetura: F. (11) 98848.6858
www.karinakorn.com.br

Divulgação: dc33 Comunicação

Newsletter

Assine para receber novidades do blog!

banner_875x90

Posts relacionados

Deixe seu comentário

Você é humano?

*