12
setembro

Apartamento com bossa carioca

projeto-felipe-guerra

Construído há mais de 60 anos, o apartamento no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, passou por uma reforma radical para modernizar a planta e receber o ilustre morador, o apresentador e jornalista Zeca Camargo. Não é para menos que o arquiteto curitibano Felipe Guerra optou por demolir 70% das paredes originais e teve que reforçar a laje superior para garantir segurança para o prédio – alterações milimetricamente calculadas pela Titan Engenharia, que executou a obra feita em parceria com a Leroy Merlin.

O azul, com suas diferentes nuances, foi o grande protagonista na área social, em que foi usado no teto, num tom turquesa, cobrindo inclusive as vigas estruturais. Tal solução de não fazer o rebaixo de gesso para escondê-las valorizou o pé-direito de 3 metros. Chegar à tonalidade perfeita exigiu seis testes para escolher a opção com melhor saturação e nível de luminosidade, criando um efeito de profundidade e não de achatamento. Tudo em busca de um clima praiano e aconchegante, rico em memórias afetivas.

ceramica-adama
A nova configuração do apartamento trouxe uma cozinha aberta. Por isso foi necessário trazer um revestimento diferenciado,
já que ficaria integrada a área social. No entorno da ilha, a bancada de madeira teca serve para as refeições rápidas | Foto: MCA Estúdio 
adama-e-felipe-guerra

A escolha da cor como predominante entre os ambientes fez com que o azul também marcasse presença na cozinha. Lá, os tons de azul-marinho e jeans realçam os ladrilhos hidráulicos Iemanja, da Adamá, usados no frontão da pia. O mesmo modelo se estende até o chão, formando uma passarela entre cozinha e sala de jantar até chegar à porta de entrada do apartamento.

projeto Felipe-Guerra
Repare que o ladrilho hidráulico Iemanja (Adamá) da cozinha se estende até o hall, criando uma passarela da porta de entrada até a ala social | Foto: MCA Estúdio

Outro item de destaque é a madeira, que se faz presente na bancada da sala de jantar, caso da Teca, e no painel ao fundo do sofá, trazendo conforto visual. Ela também tem a função de conduzir até a área íntima e esconder as portas que levam aos ambientes. O elemento natural se repete ainda no lavabo.

felipe-guerra-projeto-casa-zeca-camargo

Feitos artesanalmente e com desenhos concebidos pelo arquiteto Edan Shoher, os ladrilhos Adamá possuem design exclusivo e espessura extrafina de 11 mm, diferentemente da tradicional espessura encontrada no mercado (entre 16 mm e 20 mm). Graças a essa vantagem, conquistada com o uso de cimento de alta qualidade e uma cura controlada, os ladrilhos são bem resistentes e podem ser assentados facilmente em paredes e até sobre pisos, sem remover os revestimentos existentes. Todas as peças homenageiam a natureza e a cultura do Brasil, tanto que estão presentes até nos nomes das séries: Amazonas, Delirio, Gloria, Iemanja, Samba, Selva e Urbano.

Projeto: Arquiteto Felipe Guerra
Fotografia: MCA Estúdio

ADAMÁ
Endereço: Rua Ruth Simão,145 – Parque Campolim – Sorocaba/SP
Site: www.adamadesign.com.br
Telefone: +55 (15) 3202 – 8170

ONDE ENCONTRAR
Em butiques especializadas espalhadas por São Paulo Capital, Rio de Janeiro Capital, Belo Horizonte Capital e cidades do interior de São Paulo, como Sorocaba, Campinas, Limeira, Americana, Rio Claro, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, São José dos Campos, Jundiaí, Indaiatuba, Itu, Salto entre outras. Os produtos da Adamá também estão disponíveis em todas as lojas Leroy Merlin do Brasil.

Informações para a imprensa:    
dc33 Comunicação 
Karina Monteiro, Glaucia Ferreira,Danilo Costa
(11) 98125-7319        
www.dc33.com.br
@dc33comunicacao

Quem escreve:

Newsletter

Assine para receber novidades do blog!

banner_875x90

Posts relacionados

Deixe seu comentário

Você é humano?

*