09
abril

Bar em casa: como escolher um cantinho e definir a decoração

Cada pessoa tem as suas individualidades e modos de aproveitar o tempo livre. Tem os que gostam de praticar esportes, aqueles que preferem assistir um bom filme, ler um bom livro ou apreciar sua bebida favorita. Por isso, para muitos, um bar em casa é essencial, pois se traduz em momentos de diversão com familiares e amigos, além de um ótimo mecanismo para embelezar o ambiente e guardar a coleção de garrafas, copos, entre outros utensílios.

Inspiração de projeto realizado pela arquiteta Karina Korn para os apaixonados e colecionadores de vinhos: este recorte foi feito na sala de jantar e, além de dar espaço a uma adega, oferece uma marcenaria, dividida em nichos e gavetas, que auxilia na organização e ainda dá suporte para a hora de servir e saborear os rótulos | Foto: Eduardo Pozella

Porém, muitas vezes o ambiente acaba não acontecendo, pois os moradores se deparam com adversidades como falta de espaço ou por entenderem que o bar não combina com o restante do décor da casa. Entretanto, a arquiteta Karina Korn, à frente do escritório que leva seu nome, prova que ele pode se adaptar a diferentes visuais e formatos. 

“Ao contrário do que muitos pensam, não é fundamental ter um local totalmente dedicado para o bar. A vontade de ter um canto para poder relaxar depois de um dia de trabalho, receber amigos e fazer festas é suficiente e não há necessidade de ser grande. O importante é que a concepção seja prazerosa”, afirma.

O bar em casa pode ser desde um espaço em cima de um móvel ou em um projeto de marcenaria realizado com essa finalidade específica.

Na sala de jantar do projeto executado por Karina Korn, o bar foi disposto na marcenaria que faz as vezes de buffet e aparador. As taças e copos dos moradores inserem um aspecto sofisticado e traz personalidade para o projeto | Foto: Luis Gomes

“O bar pode se adaptar a qualquer estilo decorativo, incluindo desde o clássico, com um balcão e copos pendurados, até uma visão mais contemporânea, que incorpora uma bandeja com copos e garrafas bem-dispostas, propiciando charme ao ambiente. Vale sempre a criatividade de cada morador”, comenta Karina.

Sobre a localização, embora não haja uma regra, o bar é muito bem-vindo na parte social da residência, que pode ser no living, na sala de jantar ou na varanda. 

Como montar

Primeiro, é necessário escolher o formato e avaliar as necessidades de espaço do ambiente. O bar pode ser configurado e um móvel separado – para aqueles com áreas mais amplas –, ou embutido na parede, junto à marcenaria, quando o espaço for reduzido. Pensando no formato em si, pode apresentar nichos para guardar as bebidas, apoio para copo e ser acompanhado por cadeiras. 

“Um carrinho de chá é lindo nessas horas. Pode ser um moderno, com grandes rodas, ou mesmo uma peça antiga, herdado da avó… Na verdade, o que dá o charme a qualquer bar é a personalidade de quem gosta e usa, aliada ao estilo do ambiente”, enfatiza a arquiteta. 

Esse canto da varanda ganhou um carrinho de madeira, com estrutura em serralheria. Próximo ao fechamento de vidro e com a visão externa da rua, próximo ao banco com futon o cenário é ímpar para curtir horas a fio de conversa com os amigos | Foto: Eduardo Pozella

Uma vez que o estilo, formato e o tamanho estão decididos, é hora de pensar em como decorar. Indagações como os tipos de copos, taças, e garrafas, assim como a quantidade, precisam estar em mente.

Eu, por exemplo, gosto muito de uma bela e grande bandeja com garrafas de formatos variados e copos que revelam histórias. Esse cuidado se traduz em personalidade”, finaliza Karina.

Karina Korn Arquitetura
Tel. (11) 98848-6858 / (11) 3473-1303  
www.karinakorn.com.br  

@karinakornarquitetura 


Divulgação
dc33 Comunicação
Beatriz Russo, Glaucia Ferreira e Danilo Costa 

Tel. (11) 98125-7319 


Quem escreve:

Newsletter

Assine para receber novidades do blog!

banner_875x90

Posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.