19
maio

Artefacto apresenta a Mostra 2021 – Natural

Projeto Debora Aguiar | Foto MCA Studio

Autêntico. Instintivo. Nativo. Orgânico. Puro. Simples.
O que é essencial para ser natural? O que naturalmente nos conecta?
A Artefacto convidou alguns dos principais profissionais do circuito nacional para repensar espaços, recriar ambientes e reconectar projetos em ambientes que abordam o DNA Natural, na Mostra 2021.
Reflita. Responda. Recrie. Renove.

“Com 45 anos de história, a Artefacto continua valorizando o DNA fatto a mano. Rompemos  as fronteiras do Brasil para virar referência internacional em móveis de alto padrão – hoje, somos líderes no sul dos Estados Unidos”, conta Paulo Bacchi, CEO da empresa.
Bruno Carvalho, Carlos Rossi, Chris Hamoui, Debora Aguiar, Denise Barretto, Erika Queiroz, Fabio Morozini, Lídia Maciel, Patrícia Penna, Roberta Zimmermann participam desta edição da Mostra Artefacto 2021.
Abaixo, um pouco de casa ambiente.

Bruno Carvalho
No seu Loft 4.5, Bruno Carvalho nos mostra linhas orgânicas, cores e formas mostrando seu relato após um desafiante ano de confinamento.
O que veio para ficar é muito além de beleza aos olhos, é o conforto, o lar, o retorno ao lugar onde restauramos nossa energia”. A Artefacto etem uma história linda a ser contada.

Projeto Bruno Carvalho | Foto MCA Studio

Carlos Rossi
O espaço de 100 metros quadrados desenvolvido para um projeto comercial, convocam os visitantes a pensarem espaços corporativos de forma mais aconchegante, e que remetam à uma extensão da residência.
“O home office deixou de ser um desafio e tornou-se uma realidade para grande parte de pessoas”.

Projeto Carlos Rossi | Foto Marco Antonio

Chris Hamoui
Chris buscou na fluidez e na contemplação os ingredientes para seus 85 metros quadrados.
“A vida em confinamento nos mostrou o quão importante é a construção de um lar que possa proporcionar conforto e bem-estar em diversas funções, sejam elas morar, no home office ou no convívio social e familiar”.

Projeto Chris Hamoui | Foto MCA Studio

Debora Aguiar
O orgânico e o DNA natural fazem ligação junto à identidade da arquiteta, que destaca imprescindíveis, no conforto e na sofisticação, o uso de madeiras, tramas, texturas e plantas.  
“Valorizar onde vivemos é também valorizar o tempo e, com isso, redirecionar nossas energias. Redescobrimos como é bom ficar em casa.”

Projeto Debora Aguiar | Foto MCA Studio

Denise Barreto
“Não somos apenas brasileiros”, diz a arquiteta que levou a globalização para o centro de seu espaço de 80 metros quadrados carregados de referências – do tom da madeira nórdica, passando por obras de arte que remetem ao continente africano e chegando às venezianas que filtram a luz, a exemplo das moradas orientais.

Denise Barreto | Foto MCA Studio

Erika Queiroz
Um passeio estético entre o cinza e o bege, a cor greige surge na base da criação do projeto de 115 metros quadrados assinado pela arquiteta.
“A leveza dos tons neutros é um ponto de equilíbrio para os matizes escuros do mobiliário”, explica Erika.

Projeto Erika Queiroz | Foto MCA Studio

Fabio Morozini
“O natural para mim, é ser da terra, usar o que temos aqui da melhor maneira possível. Apostei nos materiais como piso de madeira e tecido de linho e os decodifiquei de forma elegante”, conta o profissional.
No seu ambiente de 150 metros quadrados, Morozini reforça a importância de muito verde, muita planta e muita obra de arte com artistas de peso, além do cuidado voltado para a iluminação.

Projeto Fabio Morozini | Foto MCA Studio

Lídia Maciel
Em contrapartida à “selva de pedra” paulistana, a arquiteta criou o seu oásis urbano, reverberando a energia da área externa na Mostra Artefacto para seu projeto de 170 metros quadrados. A arquiteta usou o DNA natural como fio condutor para mesclar a vegetação a tons alvos e sem brilhos nos móveis, a marcenaria sob medida e aos revestimentos. E o resultado é o bem-estar máximo sem perder a fluidez e a leveza.
“A busca pela saúde, pelo bem-estar e pela conciliação com a natureza veio para ficar. Também estamos mais atentos aos nossos lares, à nossa família e às pessoas que nos querem bem, afinal, eles são os nossos refúgios”, diz Lídia Maciel.

Projeto Lídia Maciel | Foto Marco Antônio

Patrícia Penna
Patrícia já participou de dez edições e esse ano, seu espaço mantém alguns materiais que se destacaram em 2020, com uma roupagem especial, caso do piso de mármore. O lindo quartzito azul da parede também permaneceu.  
Ao selecionar tecidos “que envolvem”, Patrícia dá novamente seu recado: hoje, o lar não é mais visto como um local feito para impressionar quem chega, mas, sim, é a tradução de um espaço de cura e recuperação de um cotidiano cada vez mais exaustivo.

Projeto Patrícia Penna | Foto MCA Studio

Roberta Zimmermann
“A casa é nosso porto seguro, nosso refúgio sagrado. Precisa imprimir nossa personalidade, nos proteger, nos confortar a alma! Não importa o tamanho ou o estilo, preisa ser prática, funcional, alegre e cheia de vida”, conta Roberta.
A marcenaria sob medida foi envelopada em laca alto brilho e couro, criando um sofisticado pano de fundo para as peças de design.

Projeto Roberta Zimmermann | Foto MCA Studio

Artefacto

Rua Haddock Lobo, 1405 – Cerqueira César

Telefone (11) 3087-7000

Divulgação: Artefacto

Nas próximas semanas mostro em mais detalhes cada ambiente.
Se quiser ver o ambiente completo da arquiteta Patrícia Penna, clica aqui: “Natural é o tema da 45 Mostra da Artefacto”

Quem escreve:

Newsletter

Assine para receber novidades do blog!

banner_875x90

Posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.