21
março

Reforma personaliza apartamento de 108m2

No décor realizado pela arquiteta Ana Rozenblit, o sofá rosa se configurou como o ponto de partida do projeto de arquitetura de interiores na área social

Jovem, solteira e estudante de enfermagem, a moradora deste apartamento de 108m², sonhava com uma repaginada no seu imóvel, deixando os ambientes com mais vida e personalidade. Para tanto, convidou a arquiteta Ana Rozenblit, à frente do escritório Spaço Interior, para reformular a arquitetura de interiores da planta, com exceção da cozinha.

Localizado na zona sul da capital paulista, na Vila Olímpia, a profissional expressou no projeto uma mescla de estilos que faz a leitura do jeito de ser da moradora: um décor moderno, feminino, levemente romântico e com toques pontuais de elementos clássicos.

Promovemos uma movimentação dos espaços nas salas e a integração da varanda com o dormitório, que permitiu sua ampliação e o deleite de uma vista incrível”, revela a arquiteta Ana Rozenblit. A seguir, acompanhe um tour pelo projeto e as soluções idealizadas para a moradora:

Sala de estar e jantar

Situado no 36º andar, quem entra no apartamento já se apaixonada pela paisagem de São Paulo avistada por meio do fechamento de vidro presente na fachada, em todo pé-direito do estar.

Quando a moradora nos convidou para a reforma, encontramos algumas questões que precisavam ser resolvidas. Apesar de ser um imóvel grande, a sala estava mal distribuída e contava com uma alta incidência de luz solar”, relembra a profissional. 

No projeto da sala de estar, o sofá em veludo rosa foi eleito para protagonizar a cena no ambiente, que foi combinado com uma dupla de poltronas cinzas. Delicada e, ao mesmo tempo marcante, a peça atua como um contraponto à estante de marcenaria azul com nichos assimétricos.

No antigo layout, a arquiteta conta que o ambiente não proporcionava conforto enquanto a moradora e seus convidados assistiam TV. Por isso, na readequação da arquitetura de interiores investiu na instalação de um painel suspenso para a instalação do eletroeletrônico. 

“A estratégia revelou-se perfeita, pois o posicionamento não incomodou a vista exuberante que ela tem da cidade. Imagine à noite, quando nossa cliente pode assistir TV, com toda comodidade, e a luz da noite adentrando a sala. É magnífico”, compartilha Ana.

Na movimentação empreendida pela arquiteta Ana Rozenblit, a sala de jantar ganhou uma localizada mais reservada. O espaço integrado, mas preservado pela largura e robustez do pilar presente na estrutura do edifício, acolheu uma espaçosa mesa em mármore que ressalta seus veios dourados e é acompanhada por seis cadeiras estofadas. Enaltecendo a sofisticação do ambiente, o mobiliário branco, com portas que evocam o desenho em chevron, foi incluído para fazer as vezes de buffet e cantinho do bar. 

Boas ideias para o aproveitamento de espaços

No processo de reorganização dos ambientes, a arquiteta fez questão de incluir soluções funcionais e eficazes para o dia a dia. E um cantinho, por vezes esquecido, ganhou destaque: o vão da escada que leva a moradora para a ala íntima. Assim, a marcenaria deu forma ao gaveteiro, que segue a mesma estética do revestimento da parede e abriga os sapatos da moradora.
Com isso, ela ganhou espaço em seu armário”, destaca.

Dormitório

Em unidade com o décor da parte social, o dormitório incorporou um adorno especial: a boiserie, que reveste as paredes principais do cômodo. Para complementar essa atmosfera leve e romântica, a fusão de tons claros foi conquistada pela sintonia do branco, nuances de cinza e rosa.

O toque de dourado ficou por conta do espelho vitoriano dourado, da Christie Móveis, que já era da moradora e foi mantida em nosso projeto por seu valor afetivo”, rememora Ana Rozenblit. 

Na articulação dos espaços, Ana integrou a varanda ao quarto para disponibilizar um home office para lá de especial e iluminado pela luz natural e o skyline. Na marcenaria, a cabeceira cinza e estofada acompanha todo perímetro da parede e, no lado oposto, a cômoda inclui a sobreposição de uma base para a penteadeira. 

Projeto luminotécnico

Ressaltando a importância do reaproveitamento, o projeto considerou boa parte da estrutura luminotécnica que já existia.

Em algumas situações, promovemos a mudança de lugar para atender a nova disposição que realizamos”, conta a profissional.
Em harmonia com a proposta de cada ambiente, o dormitório destaca o romantismo do lustre de cristal, enquanto o jantar acentua um jogo com três pendentes com bulbo transparente e, no estar, pendente com três anéis.

Fotografia: Kadu Lopes

Spaço Interior
www.spacointerior.com.br

@spacointerior

Av. Rouxinol, 84 Cj. 52 – Moema, São Paulo – SP / (11) 98753-4033 (WhatsApp)

Divulgação:
Dc33 Comunicação

Bruna Cezario, Glaucia Ferreira, Danilo Costa

(11) 98125-7319

www.dc33.com.br @dc33comunicacao

Quem escreve:

Newsletter

Assine para receber novidades do blog!

banner_875x90

Posts relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.